Seminário Interdiocesano prossegue missão de formar candidatos ao sacerdócio | Diocese Bragança-Miranda

O dia 6 de outubro ficou marcado pela abertura do novo ano letivo do Seminário Maior Interdiocesano de S. José, em Braga.

Candidatos ao sacerdócio, formadores e os bispos das Dioceses de Bragança-Miranda, Guarda, Lamego e Viseu assinalaram a data, na qual a liturgia lembra a memória de S. Bruno, presbítero e professor de Teologia, com uma Eucaristia presidida por D. Ilídio Leandro.

Contemplando o lema «O discípulo recebeu-a em sua casa» (Jo 19,27), o prelado lembrou, a importância de Maria e da oração mariana na vida espiritual, durante o tempo da formação académica, humana e pastoral, «em especial no ano do centenário das aparições de Nossa Senhora, em Fátima», concluiu.

Durante a manhã reuniram-se os bispos, a equipa formadora do Seminário Interdiocesano, na qual ingressa agora o padre António Magalhães, da diocese de Bragança-Miranda (ver Decreto em anexo), e os reitores dos seminários diocesanos.

O Seminário Interdiocesano foi erigido em 18 de julho de 2013, em Braga, junto da Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa, no seguimento do encerramento do Instituto Superior de Teologia de Viseu.

A equipa formadora (biénio 2016-2018) é liderada pelo Pe. Paulo Figueiró (da diocese da Guarda) e coadjuvada pelos padres António Magalhães (diocese de Bragança-Miranda), Vasco Pedrinho (diocese de Lamego) e Nuno Santos (diocese de Viseu).

Atualmente forma 18 candidatos ao sacerdócio.