Bispo de Bragança pediu na Fuseta aos algarvios que sejam “testemunhas credíveis do Evangelho da esperança e da alegria” | Diocese Bragança-Miranda

O bispo da diocese de Bragança-Miranda pediu aos católicos algarvios que sejam “testemunhas credíveis do Evangelho da esperança e da alegria” no seu ambiente familiar e quotidiano.

D. José Cordeiro presidiu, este domingo, à Eucaristia na paróquia da Fuseta, no contexto das comemorações da sua padroeira, Nossa Senhora do Carmo, cuja festa a Igreja hoje celebra.

O prelado deslocou-se ao Algarve, acompanhado pelo padre José Carlos, da sua diocese, a convite do pároco da Fuseta, o padre Rui Guerreiro, a quem acolheu como aluno nos tempos de reitor do Pontifício Colégio Português, em Roma. “Como não pude participar na celebração da sua ordenação episcopal por coincidir com a festa de Nossa Senhora da Graça, em Moncarapacho, logo tive o desejo de convidar o senhor D. José a participar nesta festa da nossa paróquia”, explicou o prior da Fuseta.

Folha do Domingo